Rincon Sapiência – também conhecido como Manicongo –, é rapper e poeta paulista. Tivemos o desafio de pensar, conversar e construir juntos o projeto gráfico para o aguardado álbum “Galanga Livre”. Com influências da música africana, eletrônica e jamaicana, as composições abordam a consciência e a valorização da afrodescendência no Brasil contemporâneo. O nome “Galanga Livre” é inspirado em um conto que aborda a história de um escravo que para conquistar sua liberdade, comete um “Crime Bárbaro” (nome de uma das faixas do álbum).

Estratégia

Para equilibrar as diversas sonoridades e dar força aos símbolos exaltados, a capa se inspira em uma estética setentista de discos jamaicanos e brasileiros, com uma tipografia de peso e uma paleta viva e rica. Contrastando à limpeza da capa, desenvolvemos uma série de padrões circulares que colidem elementos do grafite e demais intervenções urbanas, com padrões caligráficos inspirados por escritas africanas.